Clube Regional Rádio Clube AM de São Manuel

fale com a clube

Regional 02/06/2017

Moradora flagra Jiboia perto de creche em Botucatu

Moradores não souberam informar no momento se a serpente estava morta, embora aparentasse estar machucada

Moradores da Rua Major Nicolau Kuntz tiveram um grande susto na manhã desta sexta-feira, dia 02. Uma cobra, da espécie Jiboia, estava jogada em uma calçada próxima à Creche Municipal.

Moradores não souberam informar no momento se a serpente estava morta, embora aparentasse estar machucada. Não se sabia em um primeiro momento qual de qual espécie se tratava. O Acontece Botucatu enviou a foto ao coordenador do CEVAP, Professor Dr. Rui Seabra Ferreira Junior, que de pronto identificou como uma jiboia ou Boa constrictor.

Mais tarde, com a chegada da Guarda Municipal, foi constatado o que o animal estava morto, sendo enviado ao Cevap. Posteriormente foi levada ao Canil Municipal para ser incinerada. Os Guardas Edmeia e Lucchese estiveram no local para retirar a serpente que pesou 2,2kg. Ainda não se sabe como o animal foi parar nesse local.

“Hoje cedo quando tava saindo de casa para ir à escola, me deparei com essa cobra na calçada, em frente à minha casa. É uma cobra grande e ninguém sabe se está morta. Provavelmente apareceu por causa de um terreno na rua ao lado que nunca vão limpar. A cobra está bem ao lado da creche da creche municipal e sempre passam crianças sozinhas naquela calçada”, disse a leitora que enviou a foto.

A jiboia

A jiboia-constritora (Boa constrictor) ou simplesmente jiboia é uma serpente que pode chegar a um tamanho adulto de 2 metros (Boa constrictor amarali) a 4 metros (Boa constrictor constrictor), raramente chegando a este tamanho máximo. Existe no Brasil, onde é a segunda maior cobra (a maior é a sucuri) e pode ser encontrada em diversos locais, como na Mata Atlântica, restingas, mangues, no Cerrado, na Caatinga e na Floresta Amazônica.

No Brasil, existem duas subespécies: a Boa constrictor constrictor (Forcart, 1960) e a Boa constrictor amarali (Stull, 1932). A primeira é amarelada, de hábitos mais pacíficos e própria da região amazônica e do nordeste. A segunda, jiboia-amarali, pode ser encontrada mais ao sul e sudeste do país, sendo encontrada algumas vezes em regiões mais centrais do país. É basicamente um animal com hábitos noturnos (o que é verificável por possuir olhos com pupila vertical), ainda que também tenha atividade diurna. (Fonte: Wikipédia)

Fonte: Acontece Botucatu

comentários

aniversariantes

    Hoje » 3 pessoa(s)
  • Bárbara
  • Felipe
  • Carlos
    Amanhã » 10 pessoa(s)
  • Jaaine
  • Adriano
  • Abelardo
  • Van
  • Lilian
  • Gabriela
  • Renata
  • Silvia
+ aniversariantes
 
© Copyright 2012 Rádio Clube de São Manuel Ltda
Desenvolvido por Natus Tecnologia