Clube Regional Rádio Clube AM de São Manuel

fale com a clube

SEMANA SANTA 08/04/2017

Grupo Octocantos apresenta Concerto “Pão da Vida, Sacrifício de Amor”

Apresentação ocorre no dia 14 de abril no Santuário de Santa Terezinha

O Concerto  “Pão da Vida, Sacrifício de Amor” será realizado dentro das solenidades da Semana Santa, na sexta-feira Santa,  dia 14 de abril, às 19h, no Santuário Santa Terezinha, com entrada franca. No programa, estão obras dos compositores sach, Tallis, Ortolani, Byrd, Lehmann, Pe. José Girardi.

As músicas selecionadas para o Concerto “Pão da Vida, Sacrifício de Amor” possuem um grande significado, por serem as que mais têm ligação com o trabalho do grupo diante de sua própria história e dos compositores que estiveram à sua frente.

A história do grupoOctocantos está extremamente ligada ao Coral São Manuel, que foi formado pelo Pe. José Girardi, missionário da Consolata. Nascido dentro da Igreja, participava de suas principais cerimônias, entre Semana Santa, Natal e datas festivas, como Corpus Christi, tão tradicional na cidade de São Manuel.

No mundo todo, por ocasião da celebração dos ritos da Semana Santa, diversas entidades musicais dedicam-se a interpretação do repertório específico. Em São Manuel, essa tradição remonta ao final do século passado, como demonstra o jornalista Luiz Sicchiera, em seu livro Raízes de São Manuel: “(...) as funções religiosas eram esporádicas por falta de um capelão permanente que somente veio a ser efetivado em 1885 (...) tendo sua investidura no cargo de vigário o padre Benigno Castro Peres (...). Amante das artes e realizando pela primeira vez completo ritual celebrativo da Semana Santa, fez vir do Rio de Janeiro uma orquestra e coral regido pela maestrina Maria Teresa Edwiges Meireles Abdon (...).”

A partir de então, a música sacra em São Manuel teve o respaldo dos corais formados pelas “Filhas de Maria”, cuja tradição remonta aos descendentes da maestrina Tereza Abdon. Tal configuração só veio a alterar-se com a chegada a São Manuel dos padres missionários do Instituto Missões Consolata, primeira localidade onde ele se instalou, no Brasil, os quais liderados pelo Pe. João Batista Bisio chegaram ao Brasil na década de 40. Mais tarde criaram o Seminário Teológico e Filosófico Santa Terezinha. Formaram, com o material trazido da Europa, uma vasta musicoteca que fazia parte da Biblioteca do Seminário.

Nos idos dos anos 60, por iniciativa do compositor e regente Pe. José Girardi, que, unindo as vozes masculinas do Seminário às femininas da comunidade católica, criou-se o Coral Paroquial que continuava embelezando as cerimônias da Semana Santa, Natal e outras festividades sempre ligadas à Igreja, aproveitando o material trazido pela Congregação. O Coral São Manuel tem sua origem neste coro.

Mas, foi, efetivamente, em 1980, que o Coral São Manuel, tendo à frente as professoras Maria do Carmo de Oliveira Faraco e Amélia Ramos de Oliveira Faraco (neta de Tereza Abdon e de quem recebeu os primeiros ensinamentos musicais), que traziam o aprendizado de música transmitido pela família, e com formação já não dependente do desativado Seminário, apresentou a 1.ª Vigília de Natal e, no ano seguinte, o I Concerto de Inverno, com músicas de Schubert, Mozart, Bach, Verdi, Lamartine Babo e Pixinguinha, entre outros. Sucederam-lhes, na direção, as professoras Elizabeth M. Nelli Santiago e Marisa Daniel Barbosa Carvalho.

De 1991 a 2003, o Coral esteve sob a regência e Antonio Carlos Martorelli de Lima e atuou em diversas cidades, participando de missas e encontros ou apresentando concertos.

Um grupo dentro do Coral São Manuel, formou, em janeiro de 2003, o Madrigal Ars Cantandi, com cerca de 18 elementos e executava obras de diversos períodos da história da música, sob a regência de Antônio Carlos Martorelli de Lima. Em junho deste mesmo ano, o Madrigal participou da III Mostra Mackenzie de Música Sacra, em São Paulo.

O Madrigal Ars Cantandi interrompeu suas atividades há alguns anos.

Em 2105, um grupo de interessados, somados a alguns integrantes do antigo Coral São Manuel e Madrigal Ars Cantandi, continuando com a regência de Antônio Carlos Martorelli de Lima, formaram o Octocantos.

Dentro do mesmo espírito, o Octocantos pretende demonstrar que é possível executar música com alto grau de complexidade com a participação de pessoas da comunidade que não necessariamente sobrevivam desta atividade.

comentários

aniversariantes

    Amanhã » 1 pessoa(s)
  • Leonardo
+ aniversariantes
 
© Copyright 2012 Rádio Clube de São Manuel Ltda
Desenvolvido por Natus Tecnologia