Clube Regional Rádio Clube AM de São Manuel

fale com a clube

Regional 08/04/2016

Botucatu registra 2 mortes por H1N1

Criança de 1 ano e 8 meses também contraiu a doença e chegou a ficar internada em hospital particular, mas teve alta e se recupera em casa

O Jornal da Cidade de Bauru, noticiou nesta sexta-feria, 8, que a Secretaria de Saúde de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) confirmou ontem duas mortes por H1N1 na cidade. Tratam-se de duas mulheres que foram atendidas em hospital particular. Uma criança de 1 ano e 8 meses também contraiu a doença e chegou a ficar internada no mesmo hospital, mas teve alta e se recupera em casa.

Conforme divulgado pelo JC, os dois óbitos até então suspeitos de terem sido provocados pelo vírus H1N1 ocorreram no dia 25 de março e haviam sido notificados pela prefeitura, que aguardava o resultado de exames feitos pelo Instituto Adolfo Lutz.

A primeira vítima é uma mulher de 40 anos, que foi internada com quadro de alterações abdominais e teve problemas respiratórios. A segunda é uma mulher de 46 anos, que teve complicações respiratórias e morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O terceiro caso positivo de H1N1 é de uma criança de 1 ano e 8 meses que apresentou sintomas como febre alta, tosse e falta de ar intensa e também chegou a ficar internada no mesmo hospital no último dia 29, mas já teve alta e se recupera em sua residência.

Sintomas

A Secretaria Municipal de Saúde orienta as pessoas com sintomas comuns de gripe, como coriza, garganta inflamada e febre moderada, a procurar atendimento médico nos postos da Atenção Básica, onde há equipes capacitadas para fazer a primeira avaliação.

De acordo com a pasta, o paciente só deve recorrer ao Pronto-Socorro (PS) nos casos de urgência e emergência, ou seja, se apresentar sintomas intensos como febre alta (acima de 39°), dificuldades de respiração, dores no peito ou abdômen, cansaço extremo, apatia e vômitos.

Região

No último domingo (3), uma mulher de 36 anos, moradora de Iacanga (50 quilômetros de Bauru), morreu no Hospital de Base (HB) de Bauru com sintomas de H1N1. De acordo com a Secretaria de Saúde, também foi coletado exame para dengue e leptospirose. Os resultados ainda não ficaram prontos.

A reportagem do Jornal apurou que, na madrugada de quarta-feira (6), um homem de 49 anos, também morador de Iacanga, morreu no Hospital Estadual (HE) de Bauru com quadro de H1N1. Inicialmente, o paciente foi atendido no PS da Santa Casa de Iacanga.

Segundo o diretor clínico do hospital, Elson Banuth, que acompanhou a transferência, como houve um agravamento do seu quadro de saúde, na terça-feira (5) à noite, ele foi transferido para Bauru. O município também aguarda resultado do exame para a confirmação da doença.

Dois casos suspeitos

Duas moradoras de Iacanga estão internadas na Santa Casa da cidade, em área de isolamento, com sintomas de H1N1. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, elas estão sendo tratadas com o remédio antiviral Tamiflu. As duas pacientes têm 58 anos e deram entrada na unidade na quarta-feira (6). Segundo o hospital, o estado de saúde delas é estável. Mesmo com o isolamento e prescrição da medicação usada no tratamento da gripe A, o município aguarda o resultado dos exames para a confirmação da doença.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru

comentários

aniversariantes

    Hoje » 9 pessoa(s)
  • Sandra
  • Paulo
  • Maria
  • antonio
  • Cristina
  • Elaine
  • stephani
  • Claudia
    Amanhã » 3 pessoa(s)
  • Lais
  • patricia
  • Kauani
+ aniversariantes
 
© Copyright 2012 Rádio Clube de São Manuel Ltda
Desenvolvido por Natus Tecnologia