Clube Regional Rádio Clube AM de São Manuel

fale com a clube

SÃO MANUEL DO FUTURO 29/11/2014

Plano Diretor Participativo; a construção de uma Nova São Manuel

CIDADE MEMÓRIA

                Três eixos se sobrepõem e balizam a Revisão do Plano Diretor Participativo de São Manuel: Cidade Memória, Cidade Acessível e Cidade Sustentável. Para cada um, a equipe responsável por sua elaboração, junto com as diretorias municipais e conselhos locais, estruturou as formas de participações e de diálogos com o objetivo de delinear o quadro complexo das diretrizes que irão dar suporte para a construção de uma “Nova São Manuel”.

No projeto Cidade Memória, especificamente, participam de sua organização: o Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, as Diretorias de Educação e Cultura, uma equipe da Unesp de Bauru e o Mobiliza São Manuel,.

                Cidade Memória são dois termos que, particularmente na cidade de São Manuel, se interceptam reciprocamente e são capazes de narrar sua importância histórica, tanto no cenário regional quanto no nacional. Como recordou o advogado Dr. Dion Castaldi através da série de entrevistas concedidas à rádio local: “para entender a história de São Manuel é preciso remontar a história do Brasil, pois de São Manuel saíram grandes nomes da política nacional”.

                O projeto Cidade Memória objetiva, em um primeiro momento, saber quais os edifícios e espaços públicos significativos do município capazes de narrar sua história. Especificamente, pretende-se colher a partir de uma consulta à população,fragmentos de suas memórias, testemunhos históricos muitas vezes esquecidos e negligenciados,retalhos de suas próprias vidas, os quais podem fazer emergir uma cidade “invisível", que fora percorrida por vozes, esperanças e muito trabalho.Ao invés de partirmos de imediato para uma leitura técnica objetivando elaborar um elenco de bens passíveis de tombamento por sua importância individualizada, preferimos também, discutir o valor histórico de cada um desses edifícios e espaços,estabelecendo um diálogo direto com os próprios atores envolvidos.

Por outro lado, no que tange ao projeto da cidade, o mosaico formado por essas reminiscências farão com que São Manuel, como nas cidades de Italo Calvino, discuta o patrimônio cultural atual e o seu futuro, consolidando o que seria essa cidade da memória formada de retículas invisíveis, relações e acontecimentos que transformaram o espaço físico da cidade, suas construções, suas praças, suas ruas, procurando vê-la a partir das experiências de sociabilidade, através do olhar de seus habitantes. Só assim, as pedras, as ruas, jardins, praças, edifícios e casas, inertes pela ação do tempo poderão a partir da criação desse mosaico de recordações, compor uma grande sinfonia que balizará o projeto da nova cidade.

Fonte:Equipe do Plano Diretor

comentários

 
© Copyright 2012 Rádio Clube de São Manuel Ltda
Desenvolvido por Natus Tecnologia