Clube Regional Rádio Clube AM de São Manuel

fale com a clube

Golpe... 27/07/2012

Mulher confessa ter planejado sequestro de marido

O cativeiro era na Santa Mônica e a esposa chegou a pedir R$ 100 mil para o sogro para pagar resgate

Foto: TV Tem

A Polícia Civil de Botucatu e Lins resgatou na madrugada desta sexta-feira (27), um médico de 41 anos, que havia sido sequestrado dois dias antes em Anhembi (SP). Os criminosos levaram a vítima para um cativeiro, uma casa no jardim Santa Mônica, em São Manuel. O que o homem não sabia, é que a própria mulher planejou o crime.

Uma pessoa próxima da família avisou a polícia quando o pai do médico, que mora em Promissão, tentou fazer um saque de R$ 100 mil para pagar o resgate. Mas quando os policiais conversaram com a mulher da vítima descobriram a verdade.

“Quando a mulher foi solicitar o dinheiro para o pai ela estava com o olho roxo. Ela tinha alegado para o sogro que foi agredida pelos sequestradores. Quando falamos com ela, não tinha nada. Ela contou que não tinha sido agredida e mentiu. Entrou em contradição. Foi uma falha que ela cometeu”, contou o delegado Celso Olindo, a Thiago Melego.

O médico, que mora em Botucatu, foi rendido quando saía do serviço na cidade de Anhembi. Ele foi colocado no banco de trás do próprio carro. Para passar por uma base da Polícia Rodoviária, os criminosos o colocaram no porta-malas, onde permaneceu até chegar ao cativeiro. “Foram momentos difíceis. Estava saindo do trabalho e na porta do Pronto-Socorro de Anhembi fui abordado com minha mulher. A gente tinha programado uma viagem pra São Paulo. Ela foi me buscar. Me renderam e deram uma substância para eu beber. Me amarraram e colocaram capuz na cabeça. Nunca passava pela minha cabeça que minha mulher estivesse envolvida. Eles disseram que se o dinheiro não chegasse até um horário iam cortam um dedo da minha mão. E que se não recebessem de jeito nenhum me matariam”, relatou a vítima.

Veja o vídeo com a matéria feita pela TV Tem:

Ele revelou os momentos de terror e lamentou a participação da esposa. “A gente não sabe se vamos sair vivo. Agora é recomeçar a vida. E desconfiar de todo mundo. Como pensar que a própria mulher que a gente convive por cerca de 10 anos esteja envolvida nisso. Então, não sabemos mais em que mundo vivemos”, disse.

Seis pessoas foram presas. A mulher do médico, de 29 anos, confessou o crime e entregou o restante da quadrilha. Todos disseram que foi a esposa da vítima, casada com o médico há seis anos, quem planejou tudo.

O médico tem uma filha de seis anos com a mulher. Ele foi amarrado nos pulsos e nos pés durante todo o sequestro e ficou em um quarto e dormiu em um colchão no chão. Os vizinhos não perceberam nada de estranho, a não ser um churrasco, que o casal que cuidava do cativeiro fez na tarde de quinta-feira (26).

Com informações: Rádio Clube e G1

comentários

aniversariantes

    Hoje » 4 pessoa(s)
  • Francis
  • Larissa
  • Elis
  • Danilo
    Amanhã » 12 pessoa(s)
  • Cristina
  • Vanessa
  • Adriana
  • Vanessa
  • Anna
  • Matheus
  • Filomena
  • Amanda
+ aniversariantes
 
© Copyright 2012 Rádio Clube de São Manuel Ltda
Desenvolvido por Natus Tecnologia