Clube Regional Rádio Clube AM de São Manuel

fale com a clube

Destaque Negativo... 09/07/2012

Pela primeira vez São Manuel tem prefeito afastado

Após acatar pedido do Ministério Público, Justiça afasta Virsão (PSDB) e exonera envolvidos em supostos desvio de dinheiro público. Esse foi o primeiro caso na história da cidade

Após oito meses administrando São Manuel com muitos escândalos, o PSDB deixou o comando da prefeitura e voltou a integrar a base de partidos que apoiam a atual administração até 31 de dezembro de 2012, conforme coligação feita em 2008, que elegeu Tharcílio Baroni Jr. (PSB) como prefeito e Vilson José Innocenti (PSDB) como vice-prefeito.

No final da tarde da sexta-feira, 06 de julho de 2012, São Manuel voltou a se destacar por toda a imprensa nacional, após a juíza da comarca acatar o pedido feito pelo Ministério Público (MP) e afastar o então prefeito em exercício, Vilson José Innocenti – Virsão (PSDB).

Além de afastar o chefe do executivo a juíza também determinou que todos os envolvidos fossem exonerados de seus cargos na prefeitura, entre eles está Andrea Moscatelli, que vinha ocupando o cargo de Diretor de Gabinete desde o afastamento de Baroni.

Durante a administração do PSDB nos últimos oito meses a prefeitura de São Manuel infelizmente ganhou um espaço ainda maior na imprensa devido às manchetes negativas.

No começo muitos acreditavam que com a mudança do chefe do executivo, a cidade pudesse melhorar um pouco, mas foi questão de tempo até que muitos se frustrassem. Veja um breve balanço do que virou notícia nestes meses:

Gilson Destro:

Segundo Relação de Funcionários Ativos divulgada pela Prefeitura de São Manuel, no dia 05 de dezembro de 2011, Gilson Destro é nomeado como Diretor de Gestão e Serviços.

Curiosamente poucos meses antes ele foi destaque em uma matéria da TV TEM de como o dinheiro público muitas vezes não é bem aproveitado. De acordo com a matéria o município pagava há anos por um serviço de captura de animais e não era bem isso que acontecia.

Gilson Destro recebia R$ 3.100,00 pelo serviço e era contratado há mais de cinco anos.  De acordo com a emissora, além da rasura dificultar a visualização dos endereços onde os serviços eram prestados, os poucos legíveis não existiam.

Saúde:

No começo do ano foi assinado um contrato emergencial entre a prefeitura e o Hospital da Casa Pia São Vicente de Paulo, que passou a administração de quatro postos de saúde da família e três unidades básicas de saúde para a irmandade.

Este surgiu do dia para a noite e a cidade só teve o conhecimento no final de fevereiro através de divulgação feita pelo Jornal O Debate. Vereadores da oposição, parte da imprensa e a população criticaram o alto valor e a imoralidade do que havia sido feito.

Um valor superior a R$ 2 milhões foi pago ao hospital para que administrasse por 90 dias os postos de saúde, para essa tarefa não se sabe o porquê, mas a Empresa Paulistana de Saúde foi a escolhida pelo nosocômio.

Renovado por igual período o contrato teve uma duração total de seis meses, neste tempo foi gasto o valor provisionado para durar todo o ano.

Não demorou muito e equipes do Grupo de Ação e Combate ao Crime Organizado (GAECO) investigassem tudo e com o apoio da Polícia Federal e prendessem Paolo Bruno (ex-diretor de Negócios Jurídicos e advogado da irmandade), José Fernando Ardemani (ex-diretor de administração e finanças e ex-presidente do hospital), Júnior Balestreiro (ex-diretor de saúde).

Além das prisões, outros diretores foram exonerados e o próprio prefeito em exercício que assinou o contrato, Virsão Innocenti (PSDB), foi afastado do cargo.

Educação:

A prefeitura também havia contratado por quase R$ 70mil um profissional que segundo vereadores, fez uma avaliação na área da educação. Muitos destes disseram que nem viram o trabalho feito.

Para evitar que a mesma situação se repita no futuro um requerimento foi enviado ao então prefeito em exercício, para que em casos como este, primeiramente o IMES tivesse preferência, já que possui profissionais que poderiam ter feito o mesmo serviço e de forma mais barata.

Merenda e medicamentos:

A Polícia Federal recebeu uma denúncia de desvio de recursos públicos da merenda e de medicamentos na prefeitura de São Manuel. Pessoas dos setores foram chamadas, ouvidas e as investigações prosseguem.

Caminhões a peso de ouro:

O prefeito em exercício, Virsão Innocenti (PSDB), assinou em maio a contratação de oito caminhões para prestar serviços para a Prefeitura de São Manuel, totalizando o pagamento de R$ 585.108,00 (quinhentos e oitenta e cinco mil, cento e oito reais).

Dos oito contratados, somente um refere-se a uma empresa: Anderson Alexandre Gomes de Albuquerque ME. Já os demais contratados são pessoas físicas: Antonio João Fidêncio (cunhado de Gilson Destro), Augusto Felipe Pascotto, Geraldo Leme, Marcos Alberto Innocenti (filho do prefeito em exercício, Virsão Innocenti – PSDB), Mayara Paladino Rodrigues (namorada do sobrinho de Gilson Destro), Paulo Sérgio de Oliveira Santarém, Vicente de Paulo Giacóia Júnior (sobrinho de Gilson Destro).

Vale lembrar que segundo levantamento divulgado pelo vereador Anízio Pete durante sessão da câmara municipal, com teste valor seria possível comprar ao menos quatro caminhões.

 

Este breve levantamento limita-se a pontos polêmicos dos quase oito meses da administração do PSDB na prefeitura de São Manuel, quando o vice-prefeito agora afastado, tomou posse como prefeito em exercício.

 

No final de novembro de 2012, Virsão assumiu o comando da municipalidade após o prefeito Tharcílio Baroni Jr. (PSB) ter se afastado por 90 dias.

Durante a transmissão do cargo Baroni havia dito: “A gente tava retardando isso, mas nos últimos dias passei por muitas contrariedades e meu médico me aconselhou a tirar uma licença até 90 dias”.

“Se neste tempo não tiver recuperado o índice da humanidade, da perfeita condição física, aí a gente estuda a possibilidade de permanecer no cargo ou de tomar outra atitude”.

Quanto ao vice prefeito, Baroni havia dito: “Quero entregar ao meu companheiro que tem uma lealdade incomensurável viu Virsão, qualquer problema que você tenha, pode ligar no meu celular”.

“Muito obrigado, o senhor sempre será o prefeito” respondeu Virsão.

União duradoura – Desde a eleição municipal de 2000 o PSB e o PSDB vem fazendo dobradinhas e comandando São Manuel.

 

Assim foi na eleição de 2000 quando foi eleito o ex-prefeito Flavinho Silva e Lúcio Forti. Em 2004 a dobradinha foi reeleita e em 2008, Flavinho e Forti elegeram seus sucessores Baroni e Virsão.

comentários

aniversariantes

    Hoje » 4 pessoa(s)
  • Francis
  • Danilo
  • Elis
  • Larissa
    Amanhã » 12 pessoa(s)
  • Thaty
  • Amanda
  • Vanessa
  • Rosangela
  • Adrianno
  • Adriana
  • Matheus
  • Joel
+ aniversariantes
 
© Copyright 2012 Rádio Clube de São Manuel Ltda
Desenvolvido por Natus Tecnologia