HC recebe equipamento que ajuda identificar doenças respiratórias
Equipamento foi adquirido a partir de pesquisas clínicas realizadas pela equipe multiprofissional da Pneumologia do HCFMB
Rádio Clube 17/01/2022 11:08h
HC recebe equipamento que ajuda identificar doenças respiratórias
Foto: Reprodução.
Neste início de 2022, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) recebeu mais um equipamento para a composição do seu parque tecnológico: um ultrassom pulmonar com o objetivo de aprimorar o diagnóstico dos pacientes com Covid-19 e outras doenças respiratórias.
O equipamento foi adquirido a partir de pesquisas clínicas realizadas pela equipe multiprofissional da Pneumologia do HCFMB e da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB).
Os servidores passaram na última quinta-feira, 13, por uma capacitação para o uso do equipamento, abordando aspectos como: avaliação de diferenciais de choque e dispneia, avaliação das funções e características musculares, além de parâmetros técnicos, limpeza e conservação do equipamento. O treinamento foi realizado em parceria com o Núcleo de Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal (NUCADE) do Departamento de Gestão de Pessoas do HCFMB.
Segundo a pneumologista do HCFMB, Dr.ª Suzana Tanni, o equipamento ajudará a diagnosticar, com maior precisão, doenças que possam estar relacionadas aos sintomas respiratórios, de forma não invasiva e com baixo custo diagnóstico. “Este aparelho será útil, principalmente nas situações em que pacientes hospitalizados necessitem de avaliação à beira leito”.
Estefania Aparecida Thomé Franco, enfermeira responsável pela Função Pulmonar, aponta que os benefícios do uso do equipamento também se expandem para a continuidade do trabalho da equipe multiprofissional na assistência aos pacientes que são assistidos pelo setor. “Entre outros benefícios, a Enfermagem trabalhará com objetivos mais seguros, a Fisioterapia conseguirá mensurar objetivamente funções musculares e os nutricionistas poderão realizar uma melhor avaliação”.
Com esta aquisição, Dr.ª Suzana prevê melhor qualidade no cuidado e redução gradativa de índices de morbidades futuras destes pacientes. “O aprimoramento tecnológico deve ser sempre buscado para oferecer aos pacientes o melhor seguimento e tratamento. Esta é uma das ações que o grupo vem construindo ao longo dos últimos anos. Nosso intuito é sempre trabalhar em melhoria nos protocolos de assistência que possam servir de modelos para outros setores do Hospital e produzir dados científicos para a modificação da realidade da assistência, beneficiando os pacientes”, encerra.
 
Fonte: Acontece Botucatu.
comentários
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp da clube (14) 99711-2555

Todos os direitos reservados © Clube Regional 2022 - [email protected] - telefone: (14) 99711-2555