São Manuel, Quarta, 21 de Agosto de 2019
Baurense é achado inconsciente em hospital no Marrocos
Mecânico de 46 anos pegou avião em Lisboa no último dia 4 de julho com destino a Guarulhos, mas sumiu após conexão
Rádio Clube 17/07/2019 18:32h
Baurense é achado inconsciente em hospital no Marrocos
Foto: Reprodução
A filha do mecânico brasileiro Alexandre Luís Pereira de 46 anos, que foi encontrado inconsciente em um hospital no Marrocos, recebeu nesta quarta-feira (17) um áudio enviado pelo pai informando que ele deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após 13 dias de internação pelo diagnóstico de lesão cerebral.
Segundo Thaís Alves Pereira, que mora em Bauru (SP), a mensagem do pai veio acompanhada de uma foto em que mostra ele, ainda na cadeira de rodas, cercado pela equipe médica marroquina que o atendeu na UTI.
Thais Pereira conta que, aos poucos, a memória do pai está retornando, já que que havia perdido desde que desmaiou no hotel pertencente à companhia aérea onde ficou hospedado durante a conexão de 24 horas de duração que faria em Casablanca.
“Ele está recobrando aos poucos a consciência e a memória, mas ainda não entendeu completamente tudo o que aconteceu. Quando me conta, chora muito e diz que sofreu muito”, diz Thais.
Ainda de acordo com a filha, ela começou a falar com o pai no fim de semana, depois que ele ganhou um celular de uma pessoa conhecida que mora no Marrocos, a cerca de 300 quilômetros de Casablanca.
Segundo ela, ele apenas se lembra que passou mal no restaurante do hotel porque ficou nervoso ao perder uma bolsa com todos os seus documentos e dinheiro. Relatou também que, durante o pânico, sofreu uma convulsão e desmaiou.
Thais afirma ainda que não definiu quando embarca para o Marrocos para buscar o pai porque ainda depende da definição de sua alta completa, o que só deve acontecer após a conclusão de exames que o mecânico fará, agora no setor de neurologia.
 
Caso - De acordo com a família, Alexandre estava sumido desde o dia 4 de julho, quando embarcou em um voo de Portugal para o Brasil, mas deixou de mandar notícias e “desapareceu” após uma conexão em Casablanca, no Marrocos.
Com chegada prevista para o dia 5, os familiares de Alexandre foram até o Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, onde ele deveria desembarcar às 21h45, mas ele não estava no avião e também não deu notícias sobre seu paradeiro.
Alexandre estava há um ano e meio trabalhando como mecânico em Setúbal, Portugal, mas decidiu retornar ao Brasil.
A família então mobilizou as redes sociais em busca para tentar encontrar o mecânico. Em menos de 24 horas, a postagem da filha teve quase mil compartilhamentos e mais de mais de 500 comentários.
Após procurar o pai e fazer apelo na internet, Thaís Alves Pereira foi informada apenas na manhã da última quarta-feira (10) pela embaixada brasileira que Alexandre estava hospitalizado com lesão cerebral.
Segundo Thais, a mensagem enviada pela embaixada afirmava que houve visita no hospital universitário onde o pai está internado. Afirmou que ele na ocasião ele estava consciente, mas sonolento por causa da medicação.
Uma ressonância magnética escrita em francês apontou também que o brasileiro teve lesões no cérebro provavelmente de origem infecciosa.
Apesar do documento médico não ser conclusivo, a descrição diz que pode tratar-se de um caso de encefalite viral, que é um comprometimento do sistema nervoso central causado por um vírus.
Em nota, a embaixada do Brasil, em Rabat, informou que acompanha o caso do brasileiro e está em contato com as autoridades locais, assim como de seus familiares.
 
Fonte: G1.
comentários
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp (14) 99711-2555

Todos os direitos reservados © Clube Regional 2019 - cluberegional@cluberegional.com.br - telefone: (14) 99711-2555